6 Horas de São Paulo está voltando

AUTO - WEC 6 HOURS OF SAN PAULO 2012

O FIA WEC está voltando para São Paulo. Entre os dias 30/08 e 01/09, os brasileiros poderão ver, pela segunda vez, a maior categoria de endurance do mundo no asfalto sagrado de Interlagos. Entre os pilotos, teremos os vencedores das 24 Horas de Le Mans deste ano: Tom Kristensen, Loïc Duval e Allan McNish, a bordo do Audi R18 e-tron #2 na LMP1.

Para representar nosso automobilismo teremos dois grandes pilotos. O simpaticíssimo Fernando Rees (que responde a todos em seu Instagram) irá conduzir o Corvette C6 ZR-1 #50 ao lado dos franceses Patrick Bornhauser e Julien Canal pela categoria LMGTE-Am. Ano passado, apesar do espetáculo do V8 cuspindo fogo pelo escapamento e de ter chegado em primeiro em uma corrida impecável, o carro de Rees e seus companheiros foi desclassificado por irregularidades no para-choque dianteiro. Até hoje a medida da FIA não foi bem explicada, mas a equipe Larbre decidiu retirar o recurso após se sagrar campeã do WEC do ano passado. Esperamos que alguns milímetros não tirem a glória do trio este ano.

Na LMGTE-Pro, Bruno Senna continua sua boa campanha na Aston Martin pilotando o Vantage V8 #99 ao lado do inglês Rob Bell. Mesmo depois do acidente que tirou a vida de Allan Simonsen nas 24 Horas de Le Mans, a Aston Martin continua no campeonato, pois crê que essa seria a vontade do falecido. No carro #95 da LMGTE-Am, Christoffer Nygaard e Kristian Poulsen serão a dupla dinamarquesa em Interlagos.

Apesar das ótimas exibições ao longo do ano, Lucas Di Grassi não pilotará pela Audi. Os alemães multivencedores em Le Mans alinharão dois carros no grid. Além do carro de Kristensen, Duval e McNich, teremos o R18 #1 conduzido por André Lotterer, Marcel Fässler e Benoit Tréluyer.

Outro destaque na LMP1 é a equipe Toyota, que venceu as 6 Horas do ano passado com o carro híbrido TS030.

Os organizadores do evento ainda prometem diversão para toda a família. Ano passado tivemos parada de carros, roda gigante, exibição de drift, visita aos boxes e muito mais. Além disso, a sempre bem organizada Porsche Cup terá uma etapa do campeonato disputada junto com os carros do WEC. Ano passado, eles lotaram o asfalto com mais de 40 Porsches 911 ao mesmo tempo no asfalto de Interlagos.

Não deixe de ir! Os ingressos estão à venda neste link. Os valores para o dia da corrida variam de R$42,35, para meia entrada no concreto do Café (setor A) até os R$2.315,94 do pacote Winners Club, que conta com vários mimos. Entre o custo e o benefício, recomendamos o setor A, de onde se vê grande parte do autódromo, excluindo-se Curva do Sol e “S” do Senna. Quem quiser gastar um pouco mais (R$203,28), a arquibancada VIP é uma boa pedida, pois dá acesso a todas as áreas comuns.

É bom programar a chegada com antecedência, porque o evento promete ter as mesmas pragas que infestam o entorno do autódromo: trânsito congestionado, estacionamentos com preços mais altos do que o ingresso (não estou brincando) e a praga universal da humanidade: os flanelinhas, extorquindo todo mundo, sempre na frente de um policial. Ir de carona ou transporte público pode ser uma boa ideia.

Camaradas do pistão, nos vemos por lá! Estaremos comendo sanduíche de pão de forma com patê de atum nela, a sempre clássica, arquibancada da Curva do Café!

Foto:
Divulgação / FIA WEC

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *