Venom GT Bate o Recorde de Velocidade Máxima

hennessey-venom-gt-record-23

A Hennessey divulgou ontem o recorde de sua monstruosa besta de 1.261 cv, batido na pista da base aérea de Lemoore, California. O Venom GT atingiu a incrível marca de 427,6 km/h em uma distância de duas milhas (ou 3,21 km)… Mas espere um momento! O Bugatti Veyron Super Sport não alcançou 431,07 km/h detendo o recorde do Guinness Book como carro de produção mais rápido do mundo? Ok, vamos analisar.

Primeiro, o Veyron SS chegou aos 431 na pista particular de testes da Volkswagen, Ehra-Lessien. Esta pista foi construída para testes durante a Guerra Fria e conta com uma reta imensa de aproximadamente 9 km! São três a mais do que a famosa Mulsanne (hoje dividida por duas chicanes), do Circuit de la Sarthe, onde é realizada as 24 Horas de Le Mans. Mas diferentemente da reta francesa, a alemã é perfeitamente nivelada. Ela é tão extensa que é impossível ver seu final devido à curvatura da Terra! Além disso, a entrada e saída são feitas em curvas com inclinações extremas, permitindo que o Veyron entre lançado na reta à, aproximadamente, 250 km/h.

Ao contrário do Veyron, o Venom saiu da imobilidade e teve pouco mais de um terço da distância para atingir sua velocidade máxima. Ainda temos outro detalhe: o limitador do carro da Bugatti.

Acontece que a marca alemã, decidiu limitar a máxima do Veyron SS a 415 km/h para que seus pneus não desintegrem (imaginem a desgraça!). Trocando em miúdos, se você quiser comprar o carro mais rápido do mundo, sem limitações, vai ter que ficar com o americano.

 

O motor do Venom: 1l, 8 cilindros e quatro turbos a menos do que o do Veyron.

O motor do Venom: 1litro, 8 cilindros e 4 turbos a menos do que o do Veyron.

 

Mas ainda não podemos dizer que o Venom GT é o rei absoluto da “cocada preta”, porque nunca foram feitos testes de máxima com o Koenigsegg Agera R e a novíssima LaFerrari. Ainda temos que descartar duas maravilhas da engenharia: o Pagani Huyara e o também recém-lançado McLaren P1, que tem suas velocidades limitadas a 370 km/h e 350 km/h, respectivamente.

Os números desses carros são estratosféricos, mas na prática, dificilmente um motorista comum alcançará velocidades perto dos 400 km/h em vias públicas (espero que nenhum maluco tente), talvez nas autobahns sem limite de velocidade.
Há a lenda de um Koenigsegg CCX que foi multado durante o rali Gumball 3000 a uma velocidade de 389 km/h, em 2003, no Texas, mas não há nada documentado.
Mesmo em um circuito fechado, passar da marca dos 400 é complicado. O Agera R conseguiu o feito no Nordschleife de Nurburgring atingindo 402 km/h na reta principal de três quilômetros (e muitos desníveis), deixando um Pagani Zonda F comendo poeira.

Discussões a parte, vejam o vídeo da proeza conseguida pelo Hennessey Venom GT:

 

Fotos:
Divulgação Hennessey

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *